Saúde e bem estar

Você sabe quais são os exercícios indicados para cada idade?

Independente da idade, uma coisa é certa: é importante manter-se em movimento. A prática de atividades físicas é uma grande aliada na manutenção da boa saúde, além de proporcionar longevidade e qualidade de vida. Mas atenção, em qualquer faixa etária vale buscar acompanhamento profissional. Seja para obter o melhor resultado no treino ou para evitar lesões, o profissional sempre vai indicar o melhor para o seu corpo.

Aos 12 anos

Esta é uma fase transitória, onde se evoluiu dos movimentos mais básicos para movimentos complexos, dessa forma os objetivos a serem trabalhados são: força, velocidade, lateralidade, equilíbrio e flexibilidade.Assim, se elevará o nível de consciência corporal e consequente o padrão motor.

Aos 20 anos

Nessa idade o corpo costuma suportar diferentes tipos de impactos, o que dá liberdade na escolha da atividade física. Apesar disso, há o risco de lesões se os exercícios não forem realizados corretamente - então muito cuidado com a frequência e intensidade.

Aos 30 anos

Até essa idade é possível escolher aquele exercício que te dá mais prazer - aqui, o que é importa é movimentar-se com frequência e não ficar parado. Acrescentar atividades que trabalhem a musculação é uma boa escolha, já que a partir dos 35 anos a força muscular começa a decair.

Aos 40 anos

A partir dos 40 é indispensável a orientação profissional, já que o corpo não suporta mais qualquer tipo de impacto e é preciso ter cuidado. É a partir dessa idade que começa a ocorrer a descalcificação óssea e, novamente, a musculação se revela uma grande aliada. Evite atividades como jumping ou step e invista em exercícios aeróbicos controlados, musculação e pilates.

Aos 50 anos

Nessa fase exageros já não são permitidos: o corpo vai sentir muito mais e o risco de lesões é maior. Mas não se preocupe! Com a orientação correta é possível se exercitar com qualidade e fortalecer a musculatura. É aconselhável evitar exercícios repetitivos caso você não seja um praticante de longa data.

Aos 60 anos

A força muscular tende a decair cada vez mais, por isso, é fundamental se manter em movimento. Uma boa opção é escolher atividades embaixo da água, como a hidroginástica. Mas não esqueça de trabalhar sempre a musculatura, isso, com certeza, vai melhorar a qualidade de vida na sua rotina. A partir dessa idade é ainda mais importante a orientação profissional, independente da atividade escolhida.

Acima dos 70 anos

Musculação proporciona manutenção e ganho de massa magra, melhora da força para a realização das atividades do dia a dia, diminuição dos riscos de problemas cardíacos, e a melhora dos problemas de saúde mais comuns entre idosos, como diabetes, hipertensão e osteoporose. Atividades na água são muito indicadas acima dessa idade - isso porque possuem menos impacto. No entanto, é preciso cuidar da intensidade e os exercícios devem ser mais leves. Atividades que trabalhem o equilíbrio, como o pilates ou yoga, também são uma excelente opção.

Trabalhe Conosco

Preencha o formulário abaixo.

Fale conosco

Nós entramos em contato com você.